0

Don Casmurro morto-vivo

Posted by Luana on 11:48
Nao vou mentir, tem 3 textos prontinhos e lindos para serem publicados. Textos de coisas bizonhas que aconteceram comigo recentemente... Por que nao publiquei? Por preguica dos comentarios...

Nao estou falando de voce, querido leitor que vem aqui rir comigo. Ou que discorda de mim, mas apresenta bons argumentos para gente discutir numa boa.. Nao! Problema eh receber mensagem de uma postagem de 1900_JoelmaAndXimbinhaAindaJuntos comecando com "voce esta errada".... Texto esse sobre a Fosfoetanolamina, que CLARO, nao eh a cura do cancer... Meu Deus, 2017 e voces ainda estao nessa? 

As pessoas sao muito, mas muito chatas. Um grande amigo desistiu de usar Facebook esses dias, porque ele postou foto de sua linda biblioteca e veio gente saida do esgoto da problematizacao falar que livro tem que ser livre... Outra amiga contou que num forum pra gente que faz croche rola varios quebra paus... CROCHE!!! As pessoas problematizam livros (q?) e novelos de la... Vao se ferrar... 

Mas a historeta que eu vou contar hoje eh inocente (HAHAHAHA... DUVIDO! Sempre tem um zumbi perdido nessa internet de meu Deus)

Eh sobre a concretizacao de um dos meus piores pesadelos. 

Quando a gente tem um pesadelo de algo que a gente MORRE de medo significa que ele se concretizou, ne? Nao precisa acontecer na vida acordada, certo? Certo...

Entao... Essa noite eu acordei as 5 da manha aos berros... Por que? 

Sonhei com gente morta

(bate na madeira)

Sonhei com gente morta que voltava a vida

(bate na madeira... comeca a rezar)

Sonhei com gente morta que voltava a vida DURANTE um velorio...

Ahhh mano... Velorio... Aquela coisa que eu nunca jamais vou entender porque que existe... Toda cultura tem uma maneira de se despedir das pessoas queridas quando elas morrem? Entendo isso... Entendo mesmo...

Mas olha... Tem poucas cosias que me aterrorizam tanto quanto gente morta dentro de um caixao...

Sera que eh porque eu via coisas quando eu era crianca? Sera que eh porque eu era a versao tupiniquim do menininho do Sexto Sentido? Pode ser que sim, mas eu jamais confirmarei essas informacoes com voces....

Oi Luana, vamos trocar umas ideias?

Eu fui a muitos velorios na minha vida? Gracas a Jeova e aos meus pais que achavam que "tem coisa que nao eh pra crianca" (casamentos, velorios, batizados) eu fui em muito pouco.... De pessoas proximas eu so fui no da minha avo paterna quando eu tinha uns 8 anos... E foi horrivel, porque o rosto dela, ali naquele caixao, eh a unica cena que meu cerebro se lembra dela... Tem um monte de memorias legais que eu poderia ter, as comidas maravilhosas que ela fazia, dos casaquinhos de la que me davam uma alergia danada... Mas eu so consigo me lembrar vividamente dela ali, MORTA! (e de umas coisas estranhas andando naquele cemiterio.. deixa pra la)

Por causa dessa experiencia com a minha avo eu nunca mais fui em velorios de pessoas proximas. Nao fui da minha outra avo, do meu pai... Podem julgar... Pra mim o importante eh o que voce faz com a pessoa em vida... Depois, ali no caixao, nao vale mais nada...

Enfim... Estou divagando...

Ontem a noite eu fui dormir... Curie e Tesla pularam na cama comigo... Todo mundo bem confortavel e quentinho (Curie encostadinho na minha perna, Tesla nos meus bracos). Maridon esta na Suecia essa semana, entao eramos so nos 3....

Dai comecou o sonho... Daqueles que voce nao sabe que esta sonhando....

Eu estou num velorio... E eh noite (LOGICO!!! Nao ia ser num belo dia de sol na primavera...). No caixao tem um sujeito bigodudo que eu nunca vi na vida. Ele se parece que todas as versoes de Don Casmurro que eu vi... Um sujeito igual ao Machado de Assis, porem branco...

"Está morto: podemos elogiá-lo à vontade" (Assis, Machado)
Pera... Machadinho tem uma cara legal, de ser gente boa... Deixa eu procurar uma figura que faca juz ao que eu vi no meu sonho...

Adicione a barbona e o bigodon do Machado a esse senhor
Pronto... Pra voce pode nao ser nada... Pra mim eh assustador... Nao pela pessoa em si, entende? Mas pela morte... Que na minha infancia nunca estava assim tao morta... 

Entao.. No sonho tinha gente perto de mim, no velorio... Eu nunca vi aquelas pessoas... Estavamos todos vestidos com as roupas da epoca do Don Casmurro (seria eu a Capitu numa vida passada?). Talvez era Bras Cubas no caixao, e nao Don Casmurro e nao tem Capitu nenhuma... Whatever, voces entenderam... 

Dai eu falava pra um senhor ao meu lado: "ele se moveu" e o cara "nao digas sandices" (de fato era um funeral do sex XIX, hein?)

Mas o cara tinha se movido mesmo... E ninguem estava vendo... 

Dai, pra minha alegria, o tiozinho do bigode resolveu LEVANTAR do caixao... E as pessoas ficaram la paradas, olhando, meio sem entender... E eu? Eu SAI CORRENDO AOS BERROS!!! 

E dai tem aquela dinamica maravilhosa de sonho, onde voce corre, corre, corre, berra, berra e berra e NADA acontece, voce nao sai do lugar e nao sai um pio dos seus pulmoes... Don Casmurro morto-vivo veio em minha direcao... E dai as pessoas se ligaram e comecaravam a gritar.... E eu nao conseguia fugir.... E o Don Casmurro, com os olhos fechados (PQP!!!) andando em minha direcao... Ate que ele ME ABRACOU SOCORRO PELAMORDEDEOS ALGUEM ME TIRA DAQUI AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH

E eu acordei aos berros, assustando meus pobres gatinhos... as 5 da madrugada...

Cagona que sou, acendi logo a luz... Vai que o treco tivesse me seguido alem sonho? Todo mundo sabe que luz acesa espanta assombracao.... 

Consegui voltar a dormir? Nao... To num bom humor maravilhoso? Estou...

Entao, vem aqui problematizar meu sonho que voce vai ver so... Mando o Don Casmurro morto-vivo ai pra tua casa, pra voce discutir apropriacao cultural/feminismo/racismo com ele...

bom dia pra todos.


Links para esta postagem |
5

O caso do Papa

Posted by Luana on 15:23 in , ,
Da serie: amar ao proximona Suecia.

Essa semana eu estou em Estocolmo, a capital da Suecia. Tenho vindo pra ca mais vezes recentemente pra fazer compania pro maridon que trabalha a maior parte do tempo aqui.. Ele eh professor assistente no Karolinska Institut.. Nunca ouviu falar? Eh o centro de pesquisas e hospital da capital sueca de onde sai, todos os anos, a nomeacao do premio Nobel de medicina. 

Do nosso estudio ate o Karolinska temos que pegar dois transportes publicos: um bonde e um onibus. Tudo muito confortavel, primeiro mundo, com WIFI e tals... Mas dai suecos (e ouso dizer que quase todos os seres humanos da Terra) nao sabem fazer fila (nem adianta vir aqui defender... ELES NAO SABEM!). Estao todos la, arrumadinhos em fila esperando o onibus chegar. Quando chega, PAH, todos correm pra entrar primeiro. E nao eh assim que nao vai sobrar lugar... Eh raro ver gente indo em pe no transporte publico. O que aconece eh isso aqui:


Povo corre pra sentrar sozinho em alguma fileira... Pra ajudar, colocam suas sacolas, casacos, luvas e o resto no bando do lado. Por que? Porque as pessoas acham que sao pozinho pir-lim-pim-pim estelar especiais, que tudo no universo deve se adequar ao seu bem estar no planeta. A minha vontade? Ir jogando as bolsas longe. Sao suecos, eles nao vao reagir... hohohohohoho

Ja que eu estou chuchando a Suecia, o pais pelo qual eu tenho uma relacao de amor e raivinha... Deixa eu contar aqui uma coisa bizarrissima que aconteceu no famoso Karolinska, o lugar do Nobel, o lugar tao prestigioso, bla, bla, bla whiskas sachet. 

No ano de 2016 - tambem conhecido como o ano do capeta - dois membros do comite do Nobel, la do Karolinska, mais o vice-reitor, pediram demissao de seus cargos. Tudo por causa de um medico envolvido num grande escandalo de falsificacao de resultados cientiicos. 

Ate ai, nao eh grande novidade. Vez ou outra aparece algum espertinho que estava falsificando dados de sua pesquisa. Teve um caso famoso no Bell Labs, uns anos atras. E eu mesma, que nem sou la grandes coisas, ja revisei artigos com dados claramente adulterados. 

Teve um caso, por exemplo, dos caras que "descobriram" que alga (eh, tipo aquela que a gente usa pra comer sushi), protege contra radiacao ionizante mais do que chumbo. Nesse caso eu nao sei se os dados foram forjados, ou se os caras eram meio burrinhos mesmo. Mas sempre tem aquele grafico estranho, aquela barra de erro muito menor do que a precisao da medida. 

Mas voltando... Um medico, italiano, pesquisador do Karolinska era conhecido como pioneiro na area de transplante de traqueia sintetica. O cara era cotado como futuro ganhador do premio Nobel quando uma reporter da NBS soltou uma reportagem dizendo que o cara era uma fraude, que os pacientes transplantados tinham morrido e que os resultados de seus artigos eram falsos. 

A reporter estava fazendo seu papel de informar? Sim, mas a motivacao? Vinganca! 

Ai que a historia fica divertida. Porque ate entao, nada de divertido em um cirurgiao matando gente. 

A reporter enonctrou o medico certa vez em 2013 para uma reportagem. Sorrisinhos aqui, maozinha boba dali. Comecaram um romance. Pouco tempo depois (coisa de meses) ELE pediu a mulher em casamento. 

Tudo muito bom, tudo muito bem. Comecaram os preparativos pra grande festa, que seria realizada no Vaticano pelo proprio Papa. Ja que o medico dizia ser medico pessoal do Papa. Alias, ele tambem dizia ser o medico pessoal dos Obamas, Clintons e do Imperador do Japao. 

Detalhe, o casamento seria realizado no vaticano, pelo Papa, porque os pombinhos eram ambos divorciados, e so o Papa poderia fazer um casamento catolico nessas circunstancias (quem eh catolico ai confirme, mas isso jamais seria verdade,certo?). 

Convidados, pela parte do medico megalomaniaco? Casal Obama, casal Clinton, Putin, Sarkozy e Carla Bruni, Kofi Annan, Russell Crowe, Elton John, John Legend, Kenny Rogers. Pra completar, Andrea Bocelli iria cantar na cerimonia religiosa. Gente, mas nem no casamento do principe William com a Kate teve tanta pomposidade, teve? 

A noiva largou seu emprego na TV, tirou a filha (de outro casamento) da escola e comecou os preparativos para se mudar pra Europa (para Estocolmo, ja que o futuro marido trabalhava e morava aqui).

Que que aconteceu logo depois? A noiva descobriu que tudo era mentira. O Papa estaria viajando pra America do Sul na mesma semana do casamento deles. A mulher, que naquela altura ja devia estar com trocentas pulgas e uns percevejos atras da orelha, contratou uma detetive particular que voou ate a Italia (imagina o preju!) e descobriu que o cara ainda era casado. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA... Gentchy! 

Secretario do Papa disse que nunca tinham ouvido falar do sujeito e que eles (CLARO) nao faziam casamentos. Andrea Bocelli gargalhou e disse que nunca canta em casamentos... Barack Obama e Putin no mesmo casamento? JAMAIS!

Mas sabem o pior? Eles tinham feito convites de casamento. Mandaram pra gente famosa, de fato, mais amigos e familiares. Imagina as pessoas com vaigem marcada pra Roma? Vestido comprado, presentes... 

O cara? SUMIU, como bom palhaco. 

E a mulher foi desenterrar mais coisas, porque uma pessoa que chega nesse nivel so pode ter muito mais merda debaixo do tapete. A quantidade de alegacoes de fraudes medicas e ma condutas (como forcar pacientes terminais a se submeterem a cirurgias experimentais e perigosissimas) comeca la de quando ele trabalhava na Italia. Sem falar que ele mentiu em seu CV, dizendo que era professor aqui e acola. Nunca foi! E com um CV cheio de mentiras e artigos baseados em falsos resultados medicos - gente, sao pacientes que morreram! Como esse cara nao esta preso? - esse cara foi parar no Karolinska, onde, aparentemente, ninguem checa nada. 

Essas coisas me dao certa raiva, sabe? Quando eu entrei no doutorado eu ja trabalhava na usina fazia um ano. Tinha artigos com outros pesquisadores, de outros lugares, tinha feito parte do meu mestrado nos EUA e depois mais dois anos de Fisica Medica na Suecia. Pra entrar no doutorado, um comite de velhos pesquisadores aposentados avalia cada candidato, numa apresentacao oral baseada na inquisicao espanhola. 

Quando eu aprensentei meu projeto de doutorado - escrito e idealizado por mim, alias - um dos tiozoes levantou, na frente de todo mundo, a suspeita de que meu CV era mentira. Sabe por que? Uma pessoa "como eu"  nao poderia ter feito tanta coisa. 

UM PESSOA COMO EU QUEM, cara palida? Vinda da America do Sul? Mulher? Negra? Sei la... eh tao absurdo que eu nem sei qual foi a base de preconceito usada ali. Meu chefe, que estava ali na hora, me defendeu, mas Irene ja estava morta. Eu so consegui passar nesse bendito doutorado porque eu marquei reuniao com o diretor geral da usina, com apoio do diretor do meu instituto, e fiz uma reclamacao formal contra esse tiozao. Alguma coisa aconteceu com ele? NADA! Mas pelo menos eu passei (e depois entrei em mais outra universidade e terminei com DOIS titulos de doutorado... CHUPA, tiozao).

Quanto ao Italiano. Nao pensem que nao teve gente que tentou mostrar que ele era uma fraude, muitos colegas de area tentaram, teve ate uma comissao que chegou a conclusao de que os resultados das pesquisas com as traqueias eram fraudadas.. O que cada diretor, reitor resolveu em todas as vezes que ese cara estava pra ser desmascarado?  Arquivou o processo. Todo mundo ai compartilha a culpa. 

Eh o velho problema da procedencia. O cara eh Europeu? dos EUA? Ahhh.. Entao com CERTEZA ele esta fazendo a coisa certa, os dados dele estao certos. Mas, se voce vem de qualquer outro lugar, voce tem que provar ate onde voce estava em cada passo do experimento. 

Lidar com gente eh uma merda... Lidar com gente de pesquisa, nao queiram nem saber! 

Pra quem ficou curioso quanto ao italiano, tem a historia na VanityFair e na Wikipedia.     
            
Agora chega de detonar a Suecia. Eu gosto bastante daqui, so queria compartilhar esa historia com voces.

COMENTEM!   
           

Links para esta postagem |
Web Analytics

Copyright © 2009 Hunfs All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.